23 maio 2008

Vendiam maracujá para ajudar os pais...

mas eram meninos alegres da estrada (EN1)...

3 comentários:

Um Poema disse...

...

Pois é Ana,
Quantos meninos não carregam nos seus frágeis ombros responsabilidades enormes?!
Por isso mesmo a grandeza das suas almas é espantosa.

Um abraço

DigitalnoIndico disse...

Viva Vitor! obrigada pelas visitas e pelas carinhosas msgs. Um beijo

Guilherme Pereira disse...

Que fotografia espantosa, Ana!..
...fizeste muito em não a estragar com palavras.
Vou agora para a faculdade, mas não quis deixar de depositar aqui estas letras de admiração e solidariedade.
Beijos

Guilherme
( Lelo...)