28 maio 2007

Boane! Nossa saudade de criança...

Destino: Boane, claro! Tinha prometido á Juca que encontrei recentemente no meu blog. Pela forma, emoções, recordações. Pela casa onde morei e vivi com os meus Pais e Irmãos, pelos amigos de coração que ali tivemos, e são tantos: os Pedrosos, os Moreiras, os Gouveias, os Custódios, as Gémeas, os Rebolas, os Neves, os Manartes, o Fernandes, o Monteiro, os Braganças, os Simões, os Santos, a Josefina, a São e a Bela, o Vitinho e o Daniel, a família Elias. Éramos muitos, alguns nomes fugiram da minha memória! Pelo Norte e pela Nikita, cães adoráveis que tivemos. Pela escola onde fiz o ensino primário. Pela criatividade de que tudo agora é diferente. Pela magia de encontrar o construído destruído e agora reconstruído. Dentro do carro saí, na companhia da Zé e do Gonçalo rumo à casa que em tempos foi minha e que me traz tantas recordações. À medida que me ia aproximando, a emoção percorria-me e uma sensação de contentamento também. E como era contagioso o contentamento. O Gonçalo encharcou-me de perguntas. A Joana ratou o jornal do dia. A Sacha sempre que eu parava o carro saltava feliz para a janela. No Km 16 a casa dos Custódios onde iamos brincar com o Zé e a Milú. No Umbelúzi na parede da casa dos Pedrosos, a Zé pediu a alguém que passava para retirar com raíz uma bonita trepadeira. Difícil mesmo descrever tudo. Apanhei algum trânsito. Quando cheguei coloquei o carro bem pertinho da entrada daquela que foi a minha casa durante parte da minha vida. Percorri tudo como ontem, com a nostalgia a invadir-me. A tantas coisas eu voltei, a minha infância, os meus pais, os meus irmãos, a minha casa, os meus amigos. Senti o mesmo ontem e hoje, senti sensações encontradas entre momentos de tempos, emoções que passaram. É esquisito querer carregar num botão e não ter a chave. As janelas do quarto dos meus Pais, o meu quarto e das minhas Irmãs, dos meus irmãos. Foi difícil olhar as janelas e sentir que não estava lá o que foi nosso... Mas por outro lado, foi gratificante ter sentido a alegria e a felicidade de vêr a casa -- reconstruída -- onde tive boas recordações, onde vivi parte da minha infância e um pouco da minha adolescência. Rever a Igreja com a Santa Filomena no lugar, no mesmo lugar onde sempre esteve, foi excelente. Boane é um lugar bonito. O percurso Maputo, Matola, Matola Rio, Umbelúzi é bom e agradável. Imensas e luxuosas vivendas ocupam o lado direito e esquerdo da estrada. Vendedores de abobara, laranja, maracujá, ananás, verduras frescas, flores, plantas diversas, vasos, galinhas, patos, carvão inundam as bermas da estrada. Depois o paradoxo de querer vir-me embora, a emoção era grande e visível. O Gonçalo apanhou-me a olhar para o infinito e perguntou-me para onde olhava porque também queria vêr... fiquei sem resposta... arranjei uma desculpa... Entrei no carro e a vontade de fazer o percurso para Maputo era muito grande... Hesitei, respirei fundo e comecei a conduzir... Tão cedo não vou. Há coisas que mexem connosco...

A casa onde morei, vestida de cor de rosa, vermelho e verde.


Igreja de Boane -- a Igreja onde casou a minha irmã e onde fizemos a Primeira Comunhão e a Comunhão Solene... --


Escola Primária de Boane -- onde, com os meus irmãos --, fizemos o ensino primário --


Cruz e Moreira -- alô Kiki e Carlinha


Galo Verde -- alô São e Bela


No Bairro Militar a casa da Juca -- alô Juca


Messe de Oficiais Boane


Hospital Militar Boane


Santa Filomena e Nossa Senhora de Fátima no interior da Igreja em Boane -- alô manos e Pais esta Santa é nossa

15 comentários:

Anónimo disse...

Antes que te arrependesses, e porque gostei, publiquei!!!
Um abração mana!
R

Anónimo disse...

Foi com muita emoção que vi estas fotos…recordei a minha infância, os bons tempos passados em Boane.
Nunca imaginei passados tantos anos, voltar a ver estas imagens que me marcaram para o resto da vida.
Muito obrigada.
Beijocas
Juca

DigitalnoIndico disse...

Abraço grande aos dois. O primeiro pela camisola amarela... e a segundo pelo reencontro. Ana

Anónimo disse...

Camisola amarela hahahahah!!! Só teu!

Ei pessoal vcs sabem que a autora deste blog desenha muito bem? E os desenhos dela onde estão?? perguntem-lhe!!!!

(já te estou a dar mais trabalhos ehehe)

Anónimo disse...

Estou curiosa para ver esses desenhos...sou uma amante de arte.
Sei que a mana (M) também tem muito jeito para o desenho...não foi a dona deste bolg que me disse...eheheheh...são as recordações!!!
Queremos todos ver os desenhos...por favor.
Beijocas
Juca

Anónimo disse...

Naninha querida
Nem calculas a emoção com que li a descrição que fizeste da tua ida a Boane, as recordações todas que são tantas, o meu nome e todos os outros que eram teus e meus amigos também, a casa do Umbelúzi para onde fui viver quando casei e sobretudo Boane, que é tal como dizes "Boane, nossa saudade de criança".
Acho que fiz contigo essa viagem pois tal como tu estava a rever a tua casa em Boane onde fui centenas de vezes e onde vivemos momentos inesquecíveis todos juntos, a minha e a tua família, a escola primária que foi também a minha, a igreja onde fui baptizada e fiz todo o meu percurso religioso até ao Crisma, o quartel, a foto do Cruz e Moreira, da minha casa onde passei a minha infância e adolescência, o melhor período e o mais feliz da minha vida.
Obrigada amiga por me fazeres reviver com tanta emoção essa época maravilhosa da minha vida.
Beijos
Kiki

DigitalnoIndico disse...

Que bom Kiki ver-te aqui. São memórias, para sempre inesqueciveis. Anos inesquecíveis com amigos incomparáveis e inesquecíveis!
Obrigada por fazerem parte da minha vida e partilharem com a mesma emoção estes momentos quando revisitados.
Gosto muito de voces. Beijo grandão aos 4. Outro á Avó Fernanda e á Carlinha. Outro ainda, igualmente grande, á Graciete.

Anónimo disse...

Ola Naninha
Que bom rever a nossa Boane.Nem calculas as saudades que tenho desta Boane e da malta do n/tempo.
Gostei imenso do teu blogue.Beijos e xis para todos aí em casa.
Saudades para todos os que viveram nesta Boane que está sempre no nosso espírito.
Antonio Diabinho Rodrigues

DigitalnoIndico disse...

Diabinho, foi uma satisfação e uma surpresa muito agradável sentir a tua visita no meu bloguezinho. Valeu Diabinho e, como deves imaginar, provocou explosões de alegria...porque tal como disse á Kiki, e volto a repetir porque és (teus Pais e Irmãos também) parte dessa memória: "são memórias, para sempre inesqueciveis. Anos inesquecíveis com amigos incomparáveis e inesquecíveis"!
Um xi-coraçao enorme para vocês os 5 e outro tb grande á tua mulher e filhotes.

José disse...

Olá Naninha!!
Como já te disse anteriormente, a emoção é enorme. Como tal as palavras fogem-me. A magia das tuas palavras e a beleza das tuas imagens, tornam belo este momento. A saudade, de um local maravilhoso estará sempre presente nas nossas memórias. E sabes, que como a Licas me dizia, vivemos um grande desgosto da nossa infância, a morte acidental da minha querida mana. Todos estes últimos acontecimentos, fizeram despertar emoções que estavam adormecidas.
Eternamente agradecido, por tudo o que de bom me fizeste recordar nestas últimas 24 horas.
Um enorme abraço,
Zé Manel

DigitalnoIndico disse...

Viva Ze! Alegria depois de alegria... com o momento quase a compensar a separação! Deste lado também se toca "batuque" pelo reencontroo contigo!!! o que parecia miragem acabou acontecendo neste acaso, e/ou coincidencia, de nos teres reencontrado, aqui neste mundo virtual. Reencontramo-nos 40 anos depois é fantástico! Agora há que apontar todas as baterias para o reencontro aí ou aqui...hehehehe
beijão enooooorme no coraçao de vcs. Naninha

ROMÃO FÉLIX disse...

OLÁ AMIGOS DE BOANE,LOCALIDADE QUE ME FAZEM RECORDAR COISAS MUITO BOAS QUE ACONTECERAM NA MINHA VIDA,ALI FIZ O MEU SERVIÇO MILITAR E CONHECI A MINHA MULHER "MANUELA",NA ALTURA EM QUE EU ENSAIAVA O GRUPO DE TEATRO ALI EXISTENTE MUITOS SE RECORDARÃO DE MIM,SOU O ROMÃO FÉLIX "PARAFUSO"....AMBANINI E IM ABRAÇÃO DE SAUDADE PARA TODOS

ANONIMO disse...

OLA AMIGOS DE BOANE

DigitalnoIndico - Maputo, Moçambique disse...

Olá "Prafuso", mas que surpresa a sua visita... Um beijo á Manuela e outro grande para si!
Ana

Mena Eustáquio Miguéns disse...

Descobri este blog por acaso...em boa hora o li...o meu muito OBRIGADA pelas fotos...a minha 1ª escola, a igreja onde fui baptizada,etc...sem palavras,para descrever o que estou a sentir...o meu pai foi militar e aqui...Sargento EUSTÁQUIO